sexta-feira, 18 de junho de 2010

“Por que foi que cegámos, Não sei, talvez um dia se chegue a conhecer a razão, Queres que te diga o que penso, Diz, Penso que não cegámos, penso que estamos cegos, Cegos que veem, Cegos que, vendo, não veem”
José Saramago, in Ensaio Sobre a Cegueira


José Saramago (16/11/1922 - 18/06/2010)
 
 
Hoje, sexta-feira, 18 de Junho, José Saramago faleceu às 12.30 horas na sua residência de Lanzarote, aos 87 anos de idade, em consequência de uma múltipla falha orgânica, após uma prolongada doença.
O escritor morreu estando acompanhado pela sua família, despedindo-se de uma forma serena e tranquila.
Fundação José Saramago
18 de Junho de 2010

3 comentários:

Kenia Cris disse...

Que passeie para sempre entre nós a perfeição e simplicidade das letras desse grande homem.

Beijo Michelle!

Leticia Duns disse...

Se é para sermos simples e diretos tal qual era: Fazerá muita falta.

Graças que era escritor então, saudosas palavras marcarão sempre teu nome e tuas obras !

Se somos cegos não sei, falta-me óculos, se ele viu além da cegueira [ou não] escalou sublime lugar !

Beijo.
Leticia Duns.

lolipop disse...

Linda homenagem! Sendo Portuguesa, sinto-me orgulhosa por o ver como um nome da cultura universal...ficou a obra dele enquanto luz, pra nos salvar da cegueira.
BEIJOS AMIGA
OBRIGADA PELO SEU CARINHO

Postar um comentário